Dissolução de União Estável​

7 DOCUMENTOS QUE COMPROVAM A UNIÃO ESTÁVEL

Na ausência de alguma declaração ou contrato, você poderá usar os seguintes documentos para comprovar sua união, e ainda determinar o início dela:

  1. Comprovante de residência;
  2. Contratos;
  3. Fotos;
  4. Atas notariais de conversas;
  5. Dependência em instituições;
  6. Testemunhas e
  7. Utilização de plataformas digitais em conjunto, ex. Spotify.

POR QUE FORMALIZAR A UNIÃO ESTÁVEL?

Primeiramente, essa formalização jamais se comparará com a burocratização do casamento, sendo assegurado autonomia, liberdade, às famílias que queiram instrumentalizar a união, quanto à forma que será feita.

Um simples contrato de convivência cumprirá o propósito, para que você comprove sua união. Contudo, você pode estar se perguntando sobre a necessidade ou não de realizar esse documento.

Bom, aí vai um conselho jurídico, tudo o que está formalizado por meio de um documento, assinado pela outra parte, demonstrando concordância, terá o proposito de diminuir drasticamente as “dores de cabeças”, que um possível desentendimento até mesmo um término poderá trazer.

Não somente sobre o aspecto negativo, mas caso ocorra alguma situação que você precise comprovar tal união para assumir um direito, você terá um caminho mais fácil.

Outro ponto positivo é a possibilidade de estabelecer regras que regerão a relação, como o regime de bens.

De qualquer forma, como o velho ditado diz, é melhor prevenir do que remediar. Se você tem condições de proteger a si mesmo, a sua relação e resguardar os seus direitos, então sempre opte por este caminho.

Ninguém imagina que irá enfrentar alguma situação de desconforto, até passar por ela.

Se você ainda tem dúvidas a respeito de União estável, temos outros posts sobre o tema:

O QUE É UNIÃO ESTÁVEL?

Caso você queira continuar conversando comigo, estou disponível através do email contato@nataliagoulart.com.br, ou, no meu WhatsApp (65) 99208-5319.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.